6 passos para humanizar atendimento e melhorar a relação médico-paciente!

7 minutos para ler

Contar com uma boa relação médico-paciente é de extrema importância para quem deseja garantir satisfação, fidelização e eficiência nos tratamentos. Isso porque os pacientes vão sentir mais confiança no trabalho no profissional de saúde.

Dessa forma, também leva a uma melhora da credibilidade do médico diante do seu público-alvo, pois ele terá uma maior empatia para resolver os problemas das pessoas que buscam seu serviço. 

Quer descobrir como é possível humanizar o atendimento e melhorar a relação médico-paciente? Então, confira, a seguir, os 6 passos que elaboramos. Boa leitura!

1. Aplique um atendimento humanizado

Para ter uma melhor relação com os seus pacientes, é fundamental pôr em prática o atendimento humanizado. Isso significa que você precisa tratar cada pessoas como única.

Ou seja, é preciso ter atenção para ouvir tudo que ela tem a relatar sobre suas ‘dores’, mas sem se esquecer de sempre se colocar no lugar do outro. Assim, conseguirá compreender melhor a situação de cada indivíduo.

Por isso, é importante que você tenha bastante calma e paciência com todos que vão em busca de atendimento médico, ouvindo o que eles têm a dizer. A partir disso, você faz com que se sintam cada vez mais acolhidos no seu consultório. Isso ajuda as pessoas a terem um maior comprometimento para seguir os tratamentos de saúde.

Contudo, é importante ressaltar que o atendimento humanizado não está ligado apenas à consulta. Nesse contexto, é preciso incluir todos os profissionais que trabalham com você na clínica médica. Para garantir uma boa qualidade no atendimento e no serviço prestado, toda a equipe deve estar preparada para lidar com situações adversas com empatia e responsabilidade. 

2. Ofereça planos personalizados

Já pensou em oferecer planos personalizados para as pessoas que procuram atendimento? Saiba que eles têm grande influência na relação médico-paciente. A partir dessa estratégia, eles sentem que vale a pena fazer as consultas e exames com você, pois ofertará os melhores serviços, com um preço acessível.

Para que isso seja possível, é necessário entender o perfil de cada paciente, quais são suas necessidades e o que o impede de ter uma melhora na saúde. A partir disso, fica mais fácil elaborar um plano personalizado, de acordo com o histórico patológico, características e rotina de cada pessoa. 

Dessa forma, você também tem maiores chances de eles se tornarem fiéis à sua clínica, já que seu negócio terá um diferencial competitivo dos outros consultórios médicos. O que também leva as pessoas a realizar uma divulgação natural da sua clínica para os amigos, familiares e conhecidos.

3. Invista em tecnologia

Sabia que investir em tecnologia pode trazer ótimos resultados para o seu negócio? Um exemplo disso são os sistemas de gestão de clínicas, que oferecem soluções inovadoras para aumentar a produtividade de todos os profissionais do consultório e ainda melhorar a relação médico-paciente

Por meio de um bom software, é possível confirmar os agendamentos por SMS, ter um prontuário personalizado, gerir as contas e o fluxo de caixa da empresa com mais eficiência. Além de conseguir ter um controle maior sobre o estoque de produtos da clínica. Dessa forma, o atendimento fica mais ágil e eficiente.

Ao investir em tecnologia, você também trabalha menos e ganha mais, visto que os processos serão automatizados. Além disso, ao contar com um sistema eficiente, o médico pode acessar os prontuários e agendas de qualquer lugar. Tudo isso faz o profissional de saúde ter um controle maior sobre os seus compromissos diários, como também, ajuda a não perder ou se esquecer de dados importantes dos pacientes.

4. Garanta um bom acompanhamento pós-consulta

Se você deseja ter uma relação médico-paciente duradoura e fazer com que o seu público-alvo sempre pense na sua clínica na hora de marcar uma consulta, é imprescindível garantir um bom acompanhamento posterior.

Para isso, existem várias possibilidades que podem ajudá-lo nessa estratégia. Por exemplo, enviar solicitação de feedback para os pacientes por e-mail, mandar mensagens em datas comemorativas, perguntar como ele está se sentindo após tomar a medicação que você receitou etc.

A partir de medidas simples, é possível manter uma boa relação com os pacientes e humanizar o atendimento. Contudo, não se esqueça de que, para garantir que o seu pós-atendimento seja realmente efetivo, é fundamental manter os dados atualizados. Assim, você garante que as mensagens chegarão às pessoas certas. 

Imagine agora um sistema que avisa automaticamente sua secretária de que o paciente precisa retornar num determinado período para que ela entre em contato previamente. Isso é legal para você? Imagine para o cliente!

5. Demonstre objetividade e clareza nos atendimentos

É perceptível que existem pacientes com diferentes graus de instrução, e também sabemos que, na área na saúde, há muitos termos técnicos de difícil compreensão. Então, é importante prestar bastante atenção em como você se reporta com as pessoas durante o atendimento.

Uma fala que não é compreendida direito pode levar a inúmeras interpretações. Por isso, é importante ser o mais claro e objetivo possível na hora de falar sobre qual a doença dos seus pacientes. Explique para as pessoas o real motivo de estar pedindo determinados exames.

Contudo, antes de dar um diagnóstico, tenha bastante cuidado e atenção, sem se esquecer de analisar como está o estado emocional da pessoa. Isso porque, dependendo da patologia, o indivíduo pode ter um grande impacto e, talvez, precise de um apoio de algum familiar para confortá-lo.

Em todo caso, demonstre empatia por seus pacientes, deixe-os cientes sobre a sua possibilidade de cura e da necessidade de seguir o tratamento para atingir os melhores resultados. 

6. Seja pontual 

O grande incômodo de muitas pessoas quando vão realizar uma consulta médica é ter que se deparar com atrasos no atendimento. Os motivos podem ser inúmeros, como o médico ter perdido o horário, uma consulta ter se estendido além do previsto, entre outros problemas.

Entretanto, é preciso evitar essas falhas, pois elas levam à insatisfação do seu público e, consequentemente, à perda de pacientes. Portanto, faça o possível para cumprir o horário estabelecido.

Saia cedo de casa para evitar pegar trânsito e estabeleça um intervalo entre uma consulta e outra. Mas, quando o atraso for inevitável, avise as pessoas com antecedência, peça desculpas e explique o motivo da demora no atendimento. Assim, todos vão saber que você se preocupa com os pacientes. Um bom sistema de agendamento lhe mostra de maneira objetiva como está o seu desempenho do dia com relação ao tempo de atendimento e o tempo de espera do paciente.

A partir das dicas que apresentamos aqui, é possível ter uma maior competitividade e credibilidade no mercado de atuação. Isso porque a relação médico-paciente será otimizada, com a humanização dos processos.Todos vão perceber que seu consultório tem um grande compromisso com o bem-estar das pessoas, o que levará ao seu sucesso.

Quer descobrir como melhorar ainda mais a relação médico-paciente? Então, entre em contato conosco e confira a melhor solução online para a gestão de sua clínica!

Você também pode gostar

Deixe um comentário